top of page
  • Foto do escritorFundação Beneficente Lucas Araújo

A música, a dança e o encontro consigo mesmo e com o próximo


Trabalho terapêutico foi realizado com as monitoras da Fundação Lucas Araújo visando a qualidade de vida e do ambiente de trabalho


Estar em sintonia consigo e com o próximo ajudam na qualidade de vida e também no ambiente de trabalho. O resultado dessa integração é sentido no dia a dia dos serviços prestados e na realização pessoal de cada um. Pensando nisso, a direção da Fundação Lucas Araújo, juntamente com a coordenação Pedagógica, promoveu um trabalho terapêutico com as monitoras da entidade, a partir do trabalho do facilitador titulado de Biodanza Edemilson Meazza.


O encontro, realizado no mês de setembro reuniu as colaboradoras para um momento de reflexão e introspecção. Através de músicas e dança o facilitador trabalhou aspectos importantes do relacionamento em equipe e da compreensão e respeito por si mesmo e pelos outros. De acordo com Camila Bottesini, assistente social da Fundação, foi um momento importante de estímulo as particularidades de cada uma, ajudando a compreender a importância da qualidade de vida por meio da paz interior. “Foram momentos importantes para qualificar o trabalho dos funcionários e também para motivar e incentivar a qualidade de vida de cada um”, destacou.


A reflexão também foi levada para dentro de casa. Para Angelica Andrade, monitora de uma das turmas do Pré, a atividade fez pensar sobre qual a construção de cada um para a sua vida, da família e do ambiente de trabalho. “O trabalho fez com que nos reencontrássemos como pessoas. Levantou reflexões sobre como somos em casa, no trabalho, como é importante enxergarmos nossos potenciais e diferenciais e como podemos fazer a diferença sendo felizes e realizados”, destacou ressaltando que a atividade motivou todas as colaboradoras.


Corpo, mente e afeto


Segundo Edemilson, a Biodanza permite descobrir e incentivar o potencial genético de cada pessoa, facilitando uma vivência de encontro consigo, com o próximo e com o ambiente em que vive, por meio de uma integração afetivo-motora. “A importância de realizar um trabalho com a Biodanza junto a uma equipe de trabalho, ou a um grupo especifico dentro de uma empresa é conseguir aproximar o ser humano do outro ser humano. É Sempre realizado antes uma avaliação com a empresa para que o trabalho de Biodanza possa surtir efeitos saudáveis”, explica. A atividade é realizada por meio de musica orgânica e movimentos expressivos, em grupo.


Ele ressalta que atualmente o sistema Biodanza é utilizado mundialmente nas áreas da saúde, ação social, educação e organizações. “Ela é concebida como um potente instrumento de tecnologia humana, funcional e eficaz, com inúmeras aplicações e possibilidades que vão desde a sua utilização como atividades de promoção de saúde e bem-estar, sistema de desenvolvimento humano, proposta de integração grupal em empresas, intervenção terapêutica e clínica, assim como método de ação social”, cita.


O processo, segundo Edemilson reduz o stress; reforça o sistema imunológico; aumenta a autoestima, a vitalidade e a capacidade de agir; facilita o relacionamento interpessoal; resgata o prazer de estar vivo e ajuda a descobrir o propósito de vida.


Grupo de Biodanza Arte de Viver Bem


O grupo já existe a 3 anos, coordenado por Meazza. Os encontros acontecem uma vez por mês, em um sábado, para que juntos, o grupo possa dançar e celebrar a vida. Hoje o grupo já tem sua identidade construída por cada aluno/participante que ocupa seu espaço e fortalece suas relações num contexto geral. O facilitador destaca que em qualquer momento novas pessoas podem entrar no grupo, uma vez que o desenvolvimento trazido pela Biodanza é coletivo.


Biodanza


A Biodanza é um sistema de autoconhecimento, de integração e crescimento. Através do afeto - afeto por si mesmo, pelas pessoas, pela vida e por tudo que cerca o indivíduo - possibilita o resgate da identidade: ser aquilo que se é, fazer o que se sonha, desenvolver os próprios potenciais. A música, o movimento e a emoção compõem esse sistema que leva o aluno a redescobrir o prazer de sentir e a capacidade de se expressar.



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Como Ajudar

Faça parte da rede de solidariedade da Fundação Beneficente Lucas Araújo. Você pode colaborar de diversas formas: doando dinheiro, sendo voluntário, ou doando materiais e alimentos. Escolha a forma que mais combina com você e ajude a transformar vidas. Clique no botão abaixo e saiba mais.

bottom of page