top of page
  • Foto do escritorFundação Beneficente Lucas Araújo

Formatura apresenta novos capoeiristas


A tarde de sábado foi de emoção, alegria e animação na Fundação Beneficente Lucas Araújo. O hall de entrada do Lar da Menina Pe. Paulo Farina recebeu pais, familiares, amigos e a comunidade para mais uma formatura das oficinas de Capoeira.


Além de crianças atendidas pela Fundação, atendidos de entidades e associações de Marau, Jacutinga, Faxinalzinho e do Projeto Transformação em Arte também participaram da cerimônia, coordenada pelo Grupo de Capoeira Angola Liberdade Casa Grande. Em Passo Fundo o Grupo é coordenado pelo professor Evandro Mesquita (Milico) e pelo professor Marcos (Testa), além dos instrutores e monitores.


Segundo Evandro, a Capoeira tem trazido muitos resultados positivos nas comunidades em que está inserida. Para ele, valores como respeito, disciplina, ajuda ao próximo, amizade e dedicação, estão sempre presentes nas lições repassadas durante as oficinas. “A capoeira vem rompendo várias barreiras, incluindo a mulher, trazendo os jovens e crianças cada vez mais para dentro das atividades. A formatura faz a gente acreditar cada vez mais que a Capoeira pode ser um agente transformador da sociedade e esse evento só se realiza porque temos a ajuda de muitas mãos”, destacou.


O diretor da Fundação, Luiz Costella ressaltou a importância de se incentivar e promover ações que envolvam o esporte, a cultura e o conhecimento. “Momento importante onde recebemos também a presença de projetos sociais que também trabalham com atendimento às crianças. A Fundação abre as portas pelo terceiro ano para essa atividade e firma o compromisso nessa parceria pela vida, pela formação e pelo cuidado com as crianças”, frisou.


Crescimento a cada dia


Os pais que acompanharam a formatura destacaram que a oficina de Capoeira tem feito a diferença na vida das crianças, não apenas pela atividade física, mas também pela forma como auxilia nos desafios dos pequenos.


Para Antonio Borges, pai da aluna Isadora, a atividade ajuda a perder o medo e a vergonha. “Ela gosta. Chega em casa e comenta das coisas novas que aprendeu. Vejo que ela está mais desinibida. A Capoeira também ajuda a se concentrar mais e a ser mais organizada”, diz.



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


Como Ajudar

Faça parte da rede de solidariedade da Fundação Beneficente Lucas Araújo. Você pode colaborar de diversas formas: doando dinheiro, sendo voluntário, ou doando materiais e alimentos. Escolha a forma que mais combina com você e ajude a transformar vidas. Clique no botão abaixo e saiba mais.

bottom of page