top of page
  • Foto do escritorFundação Beneficente Lucas Araújo

Aprendizado, carinho, pipoca e quentão


Este ano a Festa Junina na Instituição de Longa Permanência para Idosos (IPLI) São José e São João XXIII, mantidas pela Fundação Beneficente Lucas Araújo, foi diferente. Com a parceria da Imed, os idosos confraternizaram com alunas do curso de psicologia, aproveitando a oportunidade para diversão e troca de experiências. A atividade aconteceu nesta terça-feira (07/06).


Coordenada pela professora Vanessa Domingues Ilha, a atividade foi pensada na disciplina de Psicologia social e comunitária II. Segundo ela, a ideia partiu das próprias alunas, motivadas em conhecer as mais diferentes realidades sociais. “Nessa disciplina estudamos a inserção do psicólogo em vários locais, que não apenas no consultório ou empresa. Então a ideia surgiu porque acreditamos ser muito importante para os alunos o conhecimento de todas as realidades possíveis”, destacou.


Para Vanessa, visitar uma instituição que atende idosos também é uma forma de refletir e repensar práticas da área da psicologia, uma vez que é uma fase importante da vida de cada pessoa. “Quando falamos em realidade, não estamos nos referindo apenas à realidade das pessoas no campo de trabalho. O objetivo é refletir sobre de que forma estamos nos preparando para a terceira idade e essa fase derradeira para todos. São coisas que precisamos pensar e foi uma experiência que os alunos quiseram ter”, ressaltou, lembrando que outras turmas farão a mesma atividade nos próximos anos.


A festa contou com músicas ao som de violão, violino e pandeiro, misturando idosos e acadêmicas na dança.


A iniciativa foi importante para idosos e para acadêmicos, na opinião da coordenadora Geral da Fundação, Jurema Bruschi. Por meio dessa ação, os alunos puderam colocar a teoria na prática e os idosos confraternizaram e trocaram experiências. “Penso que os alunos, como profissionais do futuro, terão um grande aprendizado tento contato com a sabedoria do idoso. Esse contato não pode ser dispensado. Além de ser uma forma de sensibilizar o aluno de que o idoso é uma grande parcela da população e que no futuro, serão ainda mais”, destacou.



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Como Ajudar

Faça parte da rede de solidariedade da Fundação Beneficente Lucas Araújo. Você pode colaborar de diversas formas: doando dinheiro, sendo voluntário, ou doando materiais e alimentos. Escolha a forma que mais combina com você e ajude a transformar vidas. Clique no botão abaixo e saiba mais.

bottom of page